quinta-feira, 26 de maio de 2016

Lombo de Bacalhau Fresco, com Puré de Batata Doce com Alecrim,e Brócolos Bimi Salteados

Estes lombinhos de bacalhau fresco (congelado) estavam em promoção, aventurei-me, comprei, e têm estado no meu congelador até hoje :) Também aproveitem para experimentar os novos "brócolos", os bimi, o sabor é no fundo o mesmo, são mais fininhos e têm um talo maior (mas são macios na mesma)

O bacalhau fresco é um pouco mais complicado de cozinhar, para nós portugueses, amantes do bacalhau seco, no entanto, é igualmente saboroso e  uma excelente opção de refeição. O truque é temperar bem e no momento de o preparar não lhe dar muitas voltas, pois desfaz-se com muita facilidade.

Vamos lá então.

Ingredientes:
(serve 2 porções)

  • 3 lombos de bacalhau fresco
  •  3 dentes de alho esmagados com a faca
  • manteiga q.b. (uma porção generosa)
  • Pimenta preta, sal, alho moído, pimentão doce q.b. para temperar o bacalhau
  • 1 porção de brócolos a gosto
Para o puré de batata doce:

  • 3 batatas doces em cubos
  • 1 ramos pequeno de alecrim
  • 3 dentes de alho picados grosseiramente
  • 100 ml de natas (usei de soja)
  • sal, pimenta preta, noz moscada
  • 1 ramo pequeno de alecrim fresco bem picado
  • 2 colheres de manteiga vegetal

Preparação:

Comecem por pôr a cozer as batatas doces, com os alhos, sal e o ramo de alecrim inteiro. Deixem cozer até ficarem macias, esmaguem-nas em puré. Acrescentem as natas, a manteiga, levem a lume brando e misturem bem - rectifiquem a quantidade de natas, pois querem um puré bem cremoso, isso depende do tamanho que as vossas batatas tinham, por isso se precisarem ponham mais natas até obterem a cremosidade necessária. Temperem a gosto com sal, noz moscada, pimenta preta e por fim o alecrim fresco bem picadinho. Reservem.

Os brócolos é fácil, preparem-nos retirando folhas velhas e cortando um pouco do caule. Num tacho com água a ferver, fervam-nos ligeiramente, não os queremos demasiado cozidos pois ainda vão salteá-los. Após cozerem, salteiem-nos numa frigideira com alho e manteiga, salpiquem-nos com um pouco de vinagre balsâmico. Reservem.

O último passo é o bacalhau pois fica pronto num instante. Numa frigieira ponham a manteiga, os três dentes de alho esmagados, deixem a farinha derreter, quando começar a borbulhar adicionem os lombos de bacalhau, previamente temperados. Fritem-nos cerca de 3/4 minutos de cada lado, não o façam em demasia senão ficará seco.

Sirvam começando pelo puré, seguindo dos lombos de bacalhau e por fim os brócolos, reguem com a manteiga que sobrou de fritar o bacalhau. 
Enjoy. :)

domingo, 22 de maio de 2016

Restaurante LuzBoa - Praça de Espanha

Polvo com Batata Doce, Morcela com Compota de Maça
It's my Birthday, It's Birthday. Yap é verdade, hoje faço 30 primaveras, estou mais velhinha. Não me sinto muito velhinha é engraçado, se calhar porque efectivamente não o sou, ah ah, sou uma "jov". Mas adiante, vamos mas é falar de coisas bem mais interessantes, tais como, este maravilhoso restaurante onde comemorei o meu aniversário.

Ele é pequenino mas vale TÃO a pena, acreditem. Bem localizado, de fácil acesso tanto de carro como de transportes, fácil de estacionar (ao fim-de-semana, mais complicado durante a semana) e os preços bem acessíveis.

A decoração é super engraçada, tudo decorado à anos 80, a fazer lembrar a casa da avó. 
Ovos Rotos
O menu, esse, é todo ele uma maravilha do inicio ao fim, comidinha caseira como se quer. Pela nossa mesa ainda passaram alguns petiscos, ninguém se arrependeu de nenhum.

Para começar pedimos uns ovos rotos, um polvo com batata doce e morcela, ovinhos de codorniz com linguiça, um tártaro de atum com sweet chili sauce e amêndoa e morcela com compota de maça (este último, foi para mim, provavelmente o mais fraco, pois não acrescentou nada de extraordinário à morcela. A compota vinha em pouca quantidade, e a apresentação não convidava a comer tudo como um todo, mas sim cada item em separado).

Polvo com batata doce e Tártaro de atum
Regámos tudo com 2 (podem bem ter sido 3, mas quem andou a contar?!) jarros de vinho branco da casa - bastante bom por sinal, preço bem em conta.

Ainda pedimos a carrilhada de porco ibérico, nada mais nada menos, que umas bochechas de porco bem saborosas, daquelas que se desfazem completamente (mnham) e ainda um folhado de queijo de cabra com doce, muito bom, talvez um pouco enjoativo se não for partilhado, mas delicioso no geral.

Para finalizar vieram para a mesa, o tiramisu (super bom, muito parecido com a minha receita - aquela que ainda não partilhei ahah) e o bolo de chocolate sem farinha (simplesmente bom, podem e devem melhorar).

No geral, foi um jantar tão bom que só tenho vontade de repetir o mais brevemente possível - rodeada de gente e comida boa, o que é que se pode pedir mais?!

Tiramisu

Dicas: Por ser pequeno aconselho a fazerem reserva, tem bastante procura, por isso é melhor.
Ouvi dizer que o chessecake é divinal.



De 0 a 5 dou 4.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Bacalhau com Natas e Brócolos - Yammi (Sem lactose)

A ideia não é de todo original, suponho. Eu fiz com brócolos, há quem faça com outros vegetais, espinafres, couve flor, etc, fica bom de qualquer forma. Bacalhau com natas, é sempre, bacalhau com natas. E ainda bem que assim o é.




Ingredientes:
(Serve 4 Porções)


  • 2 cebolas grandes
  • 3 dentes de alho
  • 60 ml de azeite
  • 600 gr de bacalhau demolhado e desfiado (usei ainda congelado)
  • 1 embalagem pequena de batata palha
  • 200 ml de natas (usei de soja)
  • pão ralado q.b.
  • 1 cabeça de bróculos grande, sem talo
  • sal e pimenta q.b.
Para o molho bechamel:

  • 400 ml de leite (usei de amêndoa)
  • 40 gr de farinha
  • 30 gr de manteiga vegetal
  • sal, pimenta e noz moscada q.b.

Preparação:
Comecem por preparar o molho bechamel colocando todos os ingredientes no copo, programem 15 minutos na velocidade 3 a 90º. Reservem e passem o copo por água.

Adicionem a cebola e o alho ao copo, piquem por 15 segundos, velocidade 5. Com a ajuda da espátula, façam descer os pedaços de cebola que se tiverem acumulado nas paredes do copo e juntem o azeite, deixando refogar durante 5 minutos, velocidade 2, temperatura máxima (ST). Aqui aproveitem para cozer os brócolos a vapor, retirem assim a tampa do copo e no lugar dela ponham a bandeja de vapor já com os brócolos cortados em "flores".

Retirem a bandeja de vapor e adicionem o bacalhau ao copo - como eu usei ainda congelado, vou deixá-lo cozer cerca de 10 minutos antes juntar os outros ingredientes, e assim os brócolos também ficam prontos, como tal, vou põr 10 minutos, velocidade 2, temperatura máxima (ST).

Retirem mais uma vez a bandeja de vapor e reservem os brócolos. No copo, adicionem o molho bechamel reservado, as natas e os temperos, programem 5 minutos, velocidade 1, temperatura 90º, tapem com a tampa normal.

Acrescentem os bróculos e envolvam mais 5 minutos, velocidade 3. Por último acrescentem a batata palha e envolvam mais 3 minutos na velocidade 2.

Coloquem a mistura num pirex de ir ao forno, polvilhem com pão ralado e levem ao forno, pré-aquecido, por 20 minutinhos.

Sirvam com salada, beterraba e cebola em vinagre.



sábado, 7 de maio de 2016

Biscoitos de Cacau e Avelã (Sem gluten e sem Lactose)

Este tempo horrendo pede biscoitos caseiros, sofá cheio de migalhas, e TV ligada 24 horas. Eu já cumpri a minha parte, os biscoitos já saíram do forno e deixaram o seu maravilhoso aroma no ar. Só falta mesmo o resto - sofá com migalhas, Tv, blá blá blá ;)

Bom fim-de-semana.

Ingredientes:
(Para cerca de 14 biscoitos)

  • 100 gr de farinha de coco
  • 80 gr de óleo de coco virgem
  • 50 gr de cacau puro em pó (sem adição de açúcar)
  • 3 ovos
  • 1 pitada de sal

  • 80 gr de açúcar moreno
  • 50 gr de chocolate em barra picado
  • uma mão de avelãs picadas
Preparação:

Num tacho em lume brando, derretam o óleo de coco e acrescentem o cacau em pó. Retirem do lume e deixem arrefecer.

Numa tigela, misturem os ovos, o açúcar e o sal. Adicione o preparado do cacau. Misture a farinha  até obter uma massa sem grumos. Por último adicione o chocolate picado e as avelãs, misture bem. Deixe a massa repousar por 5 minutos e disponha-a em bolinhas, num tabuleiro de ir ao forno, com papel vegetal. Espalme as bolinhas com a ajuda de um garfo.

Leve a forno pré-aquecido a 180 º, por 15 minutos.

Deixe arrefecer e, se resistir a comê-las todas, guarde-as num frasco para ir comendo durante a semana.